Home / Destaque / Filho de prefeita preso por agredir a mulher coleciona 25 passagens pela polícia

Filho de prefeita preso por agredir a mulher coleciona 25 passagens pela polícia

Jorge Razuk Neto, de 41 anos, filho da atual prefeita de Dourados, Délia Razuk, coleciona extensa ficha criminal e é listado por 25 vezes como autor de vários crimes, a maioria deles de violência doméstica. Nesta quarta-feira (29), o comerciante foi preso depois de agredir a esposa, de 40 anos, o enteado, de 18, e desacatar equipe da Guarda Municipal chamada para socorrer as vítimas.

Por 13 vezes Razuk Neto foi fichado como autor de violência doméstica em crimes de agressão física, injúria e ameaça. Os dois primeiros registros foram feitos no ano de 2007, seguidos por outros quatro registros em 2009, um em 2010, três em 2012 e um nos anos de 2015, 2017 e 2018.

Contra ele também aparecem registradas queixas pelos crimes de maus-tratos, perturbação do sossego alheio.

Depois de ser preso em flagrante nesta quarta-feira (29), o juiz Alessandro Leite Pereira, da 4ª Vara Criminal de Dourados, acolheu representação feita pelo Ministério Público e converteu em preventiva a prisão em flagrante de Jorge. Ele foi encaminhado horas depois a uma das celas da PED (Penitenciária Estadual de Dourados).

“Mostra-se de adequada a privação da liberdade do autuado, ao tempo em que as medidas cautelares não seriam suficientes como substitutivas da prisão”, considerou o magistrado em sua decisão.

O caso

Jorge Razuk Neto, de 41 anos, filho da prefeita de Dourados, Délia Razuk, foi preso na manhã desta quarta-feira (28) depois de agredir a esposa, de 40 anos, e o enteado, de 18. Além de intimidar mãe e filho com uma faca, o suspeito teria desacatado equipe da Guarda Municipal que atendeu a ocorrência.

De acordo com informações do Boletim de Ocorrência, o enteado de Jorge contou à polícia que a mãe e o padrasto estavam conversando porque a vítima queria se separar do suspeito depois de descobrir traições. Durante a conversa, o jovem ouviu gritos de socorro e, ao entrar no quarto em que eles estavam, encontrou o autor pressionando o pescoço da vítima contra um guarda-roupas. Ele segurava uma faca na outra mão.

Ao ver a cena, o jovem contou que entrou na discussão para defender a mãe, momento em que Razuk teria pegado um canivete e ameaçado as vítimas que correram em busca de ajuda.

Acionada, equipe da Guarda Municipal foi até a casa onde o casal mora, no entanto, foi recebida a gritos por Jorge Razuk. Além de xingar os agentes, o suspeito disse que os guardas não tinha competência para atender a ocorrência e que deveriam cuidar dos patrimônios públicos da cidade que estavam sendo depredados.

 

 

Fonte:Midia Max

Veja Também

Nervosismo entrega, e jovem é flagrado com cigarros e agrotóxicos contrabandeados

Rapaz de 28 anos foi preso na noite desta segunda-feira (10) no Bairro Tarumã, em ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *