Home / Destaque / Queda no preço do diesel chega aos postos na segunda-feira, diz Marun

Queda no preço do diesel chega aos postos na segunda-feira, diz Marun

O governo federal pretende adotar uma postura firme para que a queda no preço dos combustíveis chegue às bombas dos postos. Segundo o ministro-chefe da casa civil, Carlos Marun (MDB), o preço só vai cair se, de fato, for repassado pelos postos aos consumidores. Ainda assim, o ministro garante que a diferença já será sentida a partir de segunda-feira (4).

“O governo faz a maior absoluta questão de que o desconto que concedemos que retira os tributos da Cide e PIS/Cofins chegue na bomba e ao consumidor”, enfatizou o ministro.

Segundo Marun, foi publicado uma portaria do Ministério da Justiça que exige o repasse, com base no código de defesa do consumidor. “Quem não repassar está sujeito às penalidades de crime pela prática de preço abusivo”, declarou. O ministro também afirma que preços abusivos podem culminar na interdição dos postos.

Atender à reivindicações dos caminhoneiros deve custar aos cofres públicos aproximadamente 13,5 bilhões de reai – 9,6 bilhões em subsídios e mais 4 bilhões na redução das alíquotas do Cide e PIS/Cofins do óleo diesel. A queda no valor será de 46 centavos.

Marun também afirmou que há um disk denúncia, criado para denunciar aumentos abusivos no preço. “Esse desconto é para a sociedade. Nós não aceitaremos que ninguém se aproveite dessa conquista e desse sacrifício”, disse.

Questionado sobre a possível desvalorização da estatal perante o mercado, o ministro respondeu que o governo “trata a questão com muita responsabilidade” e que “o preço da Petrobras deve preservar a saúde financeira da empresa”.

O ministro participa de reunião junto ao prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), na Caixa Econômica Federal.

Veja Também

Com medo, moradores andam armados após atentado contra prefeito em Paranhos

Um verdadeiro velho oeste, está é a definição de vários moradores da cidade de Paranhos, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *