Home / Destaque / Três Lagoas tem queda na geração de empregos pelo terceiro mês seguido

Três Lagoas tem queda na geração de empregos pelo terceiro mês seguido

Dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho, divulgados nesta segunda-feira (20), apontam que Três Lagoas teve queda na criação de postos de trabalho com carteira assinada, em outubro. Esse é o terceiro mês seguido com números negativos na cidade. No acumulado do ano, são 3.151 vagas de emprego fechadas.

No mês passado, foram 1.238 admissões contra 1.837 demissões, um saldo negativo de 599 vagas. Os dois únicos setores que contrataram mais que demitiram foram a indústria de transformação (22) e serviços (27). A construção civil registrou o pior índice (-542) e o comércio, que havia se recuperado nos últimos meses, voltou a apresentar resultado negativo (-12).

No acumulado do ano, Três Lagoas contratou 17.221 trabalhadores e demitiu 20.379 – saldo negativo de 3.151 vagas. Nos últimos 12 meses, o saldo também é negativo (-2.515).

No Brasil

Os números do Caged mostram que houve crescimento de 76.599 postos de trabalho no país em outubro, variação positiva de 0,20% em relação ao mês de setembro. O resultado do saldo de empregos é o melhor do ano, de acordo com o Ministério do Trabalho.

O resultado final de outubro leva em conta 1.187.809 admissões contra 1.111.220 desligamentos. No acumulado do ano, o crescimento é de 302.189 empregos, expansão de 0,79% em relação a dezembro de 2016.

Nos últimos 12 meses, o resultado ainda é negativo, com redução de 294.305 postos de trabalho. O número corresponde a uma retração de 0,76% em relação aos empregos celetistas para o mesmo período de outubro de 2016.

Veja Também

Câmara de Vereadores de Santa Rita do Pardo-MS tem Nova Mesa Diretora

Os vereadores da Câmara Municipal de Santa Rita do Pardo-MS elegeram nesta segunda-feira (11) em ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *