Home / Destaque / Rose Modesto Promove MS QUE QUEREMOS CAMPO GRANDE Com Lideranças De Todo O Estado

Rose Modesto Promove MS QUE QUEREMOS CAMPO GRANDE Com Lideranças De Todo O Estado

A pré-candidata ao governo do Estado, deputada Federal Rose Modesto (União), promove neste sábado (4) o grande encontro MS QUE QUEREMOS Campo Grande onde reunirá lideranças de todo o Estado. O evento será realizado no sábado (4), por volta das 9h30, na Avenida Gunter Hans 2300, bairro Guanandi, ao lado do Mercado do Produtor, em Campo Grande.

O MS QUE QUEREMOS já passou pelas regiões da Grande Dourados, Costa Leste, Pantanal, Conesul, Vale do Ivinhema, Fronteira, Sudoeste, Norte e os principais gargalos dessas regiões foram: infraestrutura e aparelhamento nos hospitais e postos de saúde, geração  de emprego e renda e ações em prol da causa animal, valorização dos profissionais de Educação, concurso público para policiais (Civil e Militar) e bombeiros,  construção de casas populares, saneamento básico, além de melhorias nas rodovias para escoar a produção da agricultura familiar

Dentre os problemas mais apontados nas 10 edições do MS QUE QUEREMOS a falta de estrutura hospitalar e geração de emprego e renda esteve presente em todos os eventos. Como é o caso de Mariah Trindade Ferreira, 42 anos, moradora de Bataguassu que afirma como maior problema a falta de médicos especialistas e locais para fazer exames.” Aqui {Bataguassu} tem poucos especialistas e os que têm temos que esperar meses e até anos para ser atendida. Minha mãe morreu de câncer no seio e depois de um ano que ela faleceu me ligaram para ela ir fazer a biópsia do seio. Viu como somos tratados. Que absurdo!”, argumenta Mariah Ferreira.

Outro problema enfrentado e a falta de empregos e oportunidades para que as mulheres (mães) possam conseguir seu sustento que é o caso da Maria Feliciana de Abreu, 32 anos, mãe de quatro filhos, moradora de Caarapó, explica que um dos problemas enfrentados na cidade é a falta de emprego e creches. “Eu tenho quatro filhos e não tenho onde deixar. Fora que emprego aqui na cidade quase não tem e quando você acha acaba tendo que deixar meio salário para quem cuida do seu bebê “, explica Maria de Abreu.

Para a pré-candidata ao governo do Estado, Rose Modesto, um meio de ajudar a mulher a se qualificar, capacitar e conseguir seu sustento próprio seria o projeto Banco da Mulher sul-mato-grossense para ajudar as mulheres a empreenderem e conseguirem seu sustento.” Nós sabemos que a vida do homem não é fácil, mas a da mulher é ainda pior, nós somos julgadas pela aparência, recebemos menos do que os homens fazendo o mesmo serviço. E o pior, não somos atrativos para os empregadores, pois nós menstruamos, sentimos cólicas e engravidamos. Todos esses fatores fazem com que nós mulheres não sejamos alvos dos empregadores e com esse banco podemos incentivar o empreendedorismo feminino”, explica Rose.

Veja Também

VACINA CONTRA GRIPE CONTINUA DISPONÍVEL PARA TODAS AS FAIXAS ETÁRIAS

A Prefeitura de Brasilândia por meio da Secretaria Municipal de Saúde informa que está disponível ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *